ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Prefeitura realiza Dia “D” da campanha de vacinação antirrábica em Areia Branca

Objetivo da ação é imunizar cerca de três mil cães e gatos do município contra a raiva.

20/11/2017 09:39 - atualizado em 20/11/2017 10:59

Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

A Prefeitura Municipal de Areia Branca, por meio da Secretaria Municipal de Saúde realizou da última quinta-feira, 16, ao sábado, 18, o Dia D da Campanha de Vacinação Antirrábica. Segundo a secretaria, o objetivo da ação é imunizar cerca de três mil cães e gatos do município contra a raiva. Até o momento já foram vacinados 2.234 animais.

A campanha foi iniciada na quinta-feira, 16, nas localidades de Terra Preta, Rio das Pedras, Junco (Central e entrada), Cajueiro, Chico Gomes, Areias. Na sexta-feira, 17, foi a vez dos Povoados Guidinha, Manilha de Cima, Manilha de Baixo, Colônia São Paulo, Pedrinhas. Já no sábado, 18, do Estádio de Futebol, Escola M José Romão, Forródromo, Praça Juviniano Freire, Praça da Paz e Rua Olhos D' água.

A campanha se estenderá durante todo o mês de novembro e início de dezembro na Secretaria Municipal de Saúde.

Doença

A raiva é transmitida do animal para o homem e apresenta uma taxa alta de mortalidade, chegando ao alcançar quase 100% entre os animais. Os principais transmissores são os animais silvestres, como morcegos, raposas e macacos, que contaminam cachorros, gatos e humanos de forma acidental. Os principais sintomas são o aparecimento repentino de uma agressividade no animal, salivação excessiva e paralisia.

Por Leonardo Dias

 


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS